6 de jan de 2011

Kart: Divulgado o RNK para 2011. Confira as principais mudanças

 



A CBA começa a se movimentar de forma muito rápida para a temporada 2011 e nesta segunda-feira (3) a entidade divulgou o Regulamento Nacional de Kart (RNK), que regerá todas as competições do kartismo brasileiro neste novo ano.
E o RNK chega com algumas mudanças significativas.


IDADES - A primeira delas é que a partir deste ano cada categoria terá uma nova forma de definir a idade de cada piloto, como por exemplo, a Mirim, onde poderão competir apenas pilotos que nasceram entre 2003 e 2005 e que tenham seis anos completos. Na Cadete os pilotos terão que ter nascido entre 2000 e 2003 e terão que ter pelo menos oito anos completos, enquanto que na Júnior Menor os competidores deverão ter sua data de nascimento entre 1998 a 2000.
Os da Júnior terão que ter nascido entre 1997 e 1998 e os Novatos entre 1986 a 1997. Nesta mesma linha, os Graduados terão que ter nascido antes de 1997 e os Sêniores antes de 1986. E os PKI (Pilotos de Kart Indoor), categoria que aparece pela primeira vez no RNK, terão que ter nascido antes de 1997.
Anualmente, a partir de 2012, os intervalos serão atualizados, mantendo-se a mesma proporção de idades.
EIXOS – Outra mudança importante chega nas categorias Mirim, Cadete e Super Cadete, que passarão a usar eixo com espessura mínima de 3,8mm (com peso mínimo determinado e marca do fabricante do chassis), abandonando assim os de 2,5mm. Uma das motivações para esta mudança seguramente passa por alguns “rompimentos” dos eixos de 2,5 em 2010 e também pelo fato de que estas categorias eram as únicas que não enquadravam seus eixos no que determinava a CIK/FIA.
O objetivo, segundo a CNK, é dar maior segurança, equilíbrio e competitividade à categoria.
APROXIMAÇÃO – A Júnior e a Sênior A deverão ficar mais próximas da Graduados em 2011 em termos de regulamento técnico.
A Júnior poderá a utilizar eixos de 50 mm e estará liberada para efetuar regulagens de cáster e câmber. Já a Sênior A teve a liberação de uso dos eixos de 50 mm.
CUBOS – Em 2011 haverá restrição quanto ao uso de cubos, uma medida que buscará redução de custos. A partir de agora, todas as categorias – exceto a Graduados e a Shifter – poderão usar apenas cubos de 75 mm ou 90 mm, peças que deverão ter ainda a marca do fabricante de chassi homologado.
SUDAM E SUDAM JÚNIOR – Por fim, mas não menos importante, voltam à cena as categorias Sudam e Sudam Júnior, recriadas em um primeiro momento para fortalecer o Sul-Americano, que será disputado no Velopark provavelmente em maio e para o qual o regulamento deverá ser publicado ainda em janeiro.
Em um segundo momento, a volta da Sudam e Sudam Júnior servirá para preparar o piloto que visa competir no kartismo europeu.
HOMOLOGAÇÃO – Segundo Rubens Gatti, presidente da CNK, com quem conversamos agora pela manhã, a homologação de chassi passará a ter um novo conceito em 2011. A partir de agora o fabricante homologará o chassi como um todo, por inteiro, e não mais aos poucos, como era anteriormente. Isto significa que “da roda para dentro” o chassi será homologado de uma vez só.
Ainda segundo Gatti, o chassi CRG poderá em 2011 - bem como todos os demais homologados CIK/ FIA - participar de provas nos campeonatos onde as Sudam e Sudam Júnior façam parte, tais como o Sul-Americano – que em 2011 se chamará Copa Codasur – e Brasileiro e Copa Brasil, inicialmente as competições onde estas categorias estão garantidas. E também de competições regionais ou estaduais onde o regulamento preveja sua a participação.
CUSTOS - O principal objetivo da CBA – redução de custos – passa a ter maior eficácia em 2011, segundo Gatti. De acordo com o dirigente, a padronização de peças, como eixo e cubos, deverá diminuir os custos para os pilotos.
Apenas poderão ser usados eixos e cubos com a marca do fabricante de chassi estampada, estes agora os responsáveis pelas peças. Isto, agregado ao fato de que tais peças serão fabricadas em maior quantidade, deverá diminuir os custos da própria peça. Outro motivo para os custos ficarem reduzidos é a conseqüente proibição aos competidores de usar as mais diversas opções existentes no mercado nacional e internacional.
DOWNLOAD - Faça o download do RNK 2011 e de seus três anexos.


Fonte:kartgaucho


Nenhum comentário :

Postar um comentário