21 de jul de 2011

A Antiga Formula 1

Para quem não entende porque a F1 empolga algumas pessoas vai aí um pequeno aperitivo do que esta categoria já foi de emoção. Também dá para entender porque atualmente precisam ficar inventando regras absurdas e difíceis de entender para chamar a atenção. Tiraram as pessoas e acharam que era só colocar mais tecnologia que ficaria tudo certo! Pois é não deu!....

Essa era a F1 de anos atrás.

Os  circuitos  exigiam  habilidade.

Época de quem tinha braço de verdade.

Os pilotos tinham que ser realmente bons.




Reunião no “motorhome” da Lotus Hockenheim 1970.



Câmera onboard


Ferrari em 1954, Circuito de Nurburgring. Jose Froilan Gonzalez, o piloto, guia o carro da Scuderia
Italiana. Reparem que o único cinto que ele usa é o das calças. A corrida foi vencida por Juan Manuel Fangio e sua Mercedes. Froilan chegou em segundo lugar, completando a dobradinha argentina.




Ano 1974
Caixa de ferramentas.




Estacionamento
Ano 1971, Montjuich, Barcelona.




Box(?) da Ferrari em Monza 1971.
Qualquer semelhança com alguma borracharia de beira de estrada
é mera coincidência.



Hospitality Center



Mônaco 1973
François Cevert, não era só bom de braço. A moça recusou-se a lavar o macacão.
Infelizmente o francês morreu em Watkins Glen naquele mesmo ano.



Balanceamento no quiosque da Dunlop anos 60



Mecânicos da Honda (com uniformes de beisebol) em Monza 1966.
No ano anterior haviam conseguido a primeira vitória na F-1, no México.



Para quem não conhece, o senhor a esquerda acompanhando o trabalho,
é Colin Chapman fundador da Lotus.







O sujeito da direita é Jochen Rindt, que venceu a prova, morto em Monza no mesmo ano
e único campeão póstumo da F-1. À esquerda, apoiado no motorhome, Emerson Fittipaldi



Reabastecimento
Repare no extintor!



Jackie Stewart fazendo uma boquinha.




A F-1 mudou um pouquinho nesses anos!
 Clemont-Ferrand ano 1969, equipe Matra. 







Nenhum comentário :

Postar um comentário