25 de jul de 2011

RODOVIAS PEDEM SOCORRO NO NORTE GAÚCHO

Situação real, ocorrida neste domingo 24 de julho de 2011, entre Passo Fundo e Planalto, ambas cidades situadas no norte do Rio Grande do Sul:
Família se desloca de carro, em visita a parentes, e pega o trajeto mais curto entre as duas cidades, ou seja, pela rodovia RST-324, no trecho Passo Fundo-Pontão-Ronda Alta-Três Palmeiras-Trindade do Sul-Planalto, numa viagem de cerca de 150 quilometros, que deveria levar aproximadamente duas horas, e acaba levando 50% a mais de tempo, simplesmente pela extrema deterioração do asfalto em quase todo o trecho!!!
Buracos, crateras, falta de sinalização horizontal na maior parte do trecho(muito utilizado para escoamento das safras da região) simplesmente tornam impraticável o uso da rodovia. Durante o percurso de ida, dois veículos parados no pequeno acostamento, trocando pneus furados nas crateras, e mais uma na volta, além de caminhões trafegando na contra-mão para desviar dos buracos, motivaram o  leitor a fotografar alguns dos buracos da RST-324. A foto abaixo, é de um “buraquinho” de dois metros de comprimeiro por um de largura, com cerca de 30 centímetros de profundidade, em frente ao posto da Cotrisal em Pontão…
24072011133 (Small)
O perigo maior para os usuários, é o trânsito pesado na contra-mão, como o da foto a seguir:
24072011387 (Small)
As demais fotos estão aqui, e nos fizeram pensar, como deve ser trafegar pela rodovia Passo Fundo-Planalto à noite; deve ser uma nova modalidade de roleta russa!!!!

Uma equipe da empresa responsável pela conservação da 324, estava trabalhando no domingo a tarde, recuperando um trecho de  100 metros do contorno do município de Trindade do Sul, mas sequer uma operação tapa-buracos emergencial foi feita desde a última quinta-feira, quando pararam as chuvas na região.

Esperamos que algo seja feito, antes que as crateras comecem a vitimar os usuários daquela rodovia, assim como tem ocorrido em outras de todo o Rio Grande do Sul.

Nenhum comentário :

Postar um comentário