12 de fev de 2012

PUMA GTB 4.100 REVÊ O SOL NO PLANALTO MÉDIO

     Um automóvel esportivo apresentado pela Puma Indústria de Veiculos S.A.,  no Salão do Automóvel de 1973, com o nome de Puma GTO, teve sua comercialização oficial a partir do ano seguinte, já  como Puma GTB, sigla para Gran Turismo Brasil, e diferenciava-se da maioria dos esportivos nacionais da época, por ter toda a mecânica Chevrolet  6 cilindros de 4.100 cilindradas.
     A GTB sempre foi sonho de consumo dos motoristas daquela geração, e um deles, conserva seu exemplar até hoje, aqui em Passo Fundo, norte do RS.

110220121439

     A GTB de que falamos, tem uma longa história: Adquirida zero km em 1977 pelo passofundense Odilon Ceratti Kurtz, ficou na sua posse por 4 anos, até 1981. Durante este período, a cada vez que cruzava com ela, quem sofria era o jovem empresário João Grigolo, proprietário da Relay Artefatos de Concreto, então com 21 anos de idade, e completamente apaixonado pelo modelo.

110220121438

     Conta o Grigolo, que chegava perder o sono, e ficar sem comer, sonhando em adquirir a Puma GTB cereja metálico, até que numa conversa com seu pai Pompeu Grigolo, ouviu dele a frase mágica: “Já que tu quer tanto e é um carro usado, vai lá e compra que eu pago!!!”
     Na hora o João procurou o Kurtz, e em pouco tempo passou a ser o segundo proprietário da máquina, que segundo ele, participou de momentos especiais da sua vida; foi dentro da Puma que pediu em casamento, a sua atual esposa Maria Emília Andreis Grigolo, e foi também neste carro, que ambos saíram em lua de mel!!!!

110220121443

     Casado em 1993, a Puma acabou perdendo o lugar de destaque na vida do João, que jamais tencionou vendê-la. Saia pouco, mais nos finais de semana, e com a chegada da herdeira Viviane, estas saídas foram ficando cada vez mais esparsas, até que durante os últimos 15 anos mais ou menos, resumiam-se a uma voltinha por ano, exagerando…

110220121444

     Apesar de relegada ao segundo plano e estacionada no escuro da garagem, a Puma sempre teve um bom tratamento. Lavagem, polimento, uma capa especial, uma atenção aos pneus Pirelli P77 e a carga da bateria, e ela foi ficando lá, guardadinha… A GTB do João, ainda na época em que circulava direto, teve instalados alguns mimos especiais, que ainda hoje a equipam. Falamos do toca-fitas, da mini TV automotiva com antena instalada no console central, do amplificador Tojo GR-100, dos espelhos retrovisores externos de Opala Diplomata, e da grade personalizada, desenhada pelo amigo Orlando Fiore e montada pelo então mecânico Carbonera, que durante anos trabalhou na revenda  GM de Passo Fundo, a Burlamaque Veículos.
 
110220121440

    A Puma, fora os mimos, é toda original, nunca foi batida, e a pintura original está queimada pela passagem dos anos, o que está gerando controversias entre os antigomobilistas amigos do Grigolo: Uns acham que deve deixar ela assim, com a pintura desgastada, e outros concordam que uma restauração devolveria  o charme do modelo… O dono ainda não decidiu que caminho seguir, mas o primeiro passo, foi dado com a volta do dela a circulação constante!!!!

110220121445

     A placa tem as iniciais do nome do proprietário e o ano de fabricação, o carburador Webber 40 foi aberto e limpo, o comando 286 está em perfeitas condições, e a bichana ainda ostenta o ronco original de fábrica.

110220121465

     Na foto acima, o Grigolo (camiseta verde) ouvindo opiniões do Luís Fernando Graeff sobre a mecânica gm 6 cilindros.
     Rodas originais aro 14 ainda com os pneus Pirelli P77 da época…

110220121446

    Painel com 98.978 kms rodados, originais!!!!!

110220121442

110220121448

110220121463

110220121456

    Em 1979, foi apresentado o modelo reestilizado, batizado de  GTB/S2 (sigla para Série 2) e posteriormente foram lançadas as versão S3 (esta similar ao S2, porém com motor 4 cilindros) e S4 (equipada com um turbocompressor). Estas últimas duas versões são extremamente raras de serem encontradas.
     A GTB 4.100 do Grigolo, agora que voltou a ver a luz do sol, vai participar de passeios, encontros e viagens, e retomar a sua disposição original. Tudo está sendo revisado, como direção hidráulica, ar condicionado original, suspensão, até mesmo os equipamentos de som de 35 anos atrás, serão colocados em funcionamento para garantir sucesso, aonde ela passar, como era nos seus bons tempos de sonho de consumo( apesar que ainda é….)

110220121468

     Em 1979, foi apresentado o modelo reestilizado, batizado de GTB/S2 (sigla para Série 2) e posteriormente foram lançadas as versão S3 (esta similar ao S2, porém com motor 4 cilindros) e S4 (equipada com um turbocompressor). Estas últimas duas versões são extremamente raras de serem encontradas.

110220121450

     Em 1987 a Puma foi vendida para a Araucária Veículos de Curitiba, que fabricou 30 unidades da GTB S2 com o logotipo ASA (Araucaria Sociedade Anônima).
Em 1988 foi novamente vendida agora para a Alfa Metais Veículos também de Curitiba, que reestilizou o modelo e o relançou com o nome de AMV 4.1. Foram fabricados até o ano de 1991, quando encerraram a produção dos carros com plataforma GM 6 cil.
     Seu estilo é completamente diverso dos demais modelos da marca de até então. Apresenta maior porte e é dotado de motor de 6 cilindros produzido pela Chevrolet, em posição dianteira.
Conforme as características da marca a carroceria era produzida em fibra de vidro. Embora utilize mecânica GM, seu chassis (tubular) e sua suspensão traseira eram de fabricação própria.





3 comentários :

  1. Parabéns Graveto, grande reportagem,...

    Agora para ficar perfeito só falta o João não deixar mais esta belezinha parada por muito tempo.

    ResponderExcluir
  2. Belo exemplar, com as raríssimas lanternas do SAAB.

    Vi apenas uma vez esse belo carro rodando.

    Abs
    Alex Zanolla

    ResponderExcluir
  3. Apenas para auxiliar, de acordo com os registros da PUMA, seguem os dados de fabricação do carro:

    N° do Produto 0291
    N° do chassis P8.0280
    N° do motor P8.0280
    Fabricado em 23/05/1977
    Vendido para Camargo Penteado
    COR: BRANCO POLAR

    Quem forneceu estes dados, foi meu grande amigo Felipe Nicoliello, do Puma Classic.

    Abs
    Alex Z.

    ResponderExcluir