20 de mar de 2012

OPALA GRAN LUXO 1974

     Há poucos meses, em Passo Fundo, começou a circular um belíssimo e impecável exemplar de Chevrolet Opala Gran Luxo, modelo 1974, adquirido pelo antigomobilista Luis Eduard Graeff.
     O modelo chama a atenção pela completa originalidade, e pásmem, tem apenas pouco mais de 48 mil quilometros rodados, em 38 anos de existência!!!!!

2012-03-17-034

    Fomos procurar o Dudú, como é conhecido o terceiro dono do 4.100, para que nos contasse a história dessa relíquia, relato este que reproduzimos a seguir:
“Esse carro eu descobri em Candelária/RS,  há 4 anos atrás, e depois disso, não fiquei quieto enquanto não comprei ele. Sempre comentava com a minha esposa Fernanda, que tínhamos que comprar esse maravilhoso carro.
     Sempre chegava nas cidades e começava perguntar se existia algum Opala. Conheci diversos carros assim na região sudoeste do RS.
     Cheguei numa revenda de carros usados, no centro de Candelária e perguntei se sabiam de algum Opala antigo, e me informaram que o proprietário do Mercado Wollmann, tinha um Opala muito antigo e em muito bom estado.
     Fui ao mercado procurar o proprietário, e  me informaram que tinha ido para a sua  chácara, mas me falaram que poderia falar com sua esposa em sua casa, localizada  a uma quadra do mercado.Cheguei na casa e apertei a campainha e fui atendido pela esposa do  proprietário, dona Gessi, com quem comecei a falar, até que chegou o seu Omar Wollmann numa Silverado Branca.
     Me apresentei e comentei que tinham me informado que eram proprietários de um Opala.
Nisso seu Omar me confirmou e mais, disse que ia me mostrar o carro. Abriu o portão eletrônico da garagem e no que o mesmo começou a subir, comecei a visualizar aquela maravilha. Me arrepiei e me deu um suador com aquela visão que estava tendo. Como se tivesse achado um tesouro. Foi paixão a primeira vista. Pedi para tirar algumas fotos. Seu Omar me mostrou todo o carro nos mínimos detalhes. Perguntei  se existia interesse em vender,  e o mesmo me respondeu que não,  de uma forma bastante seca. Me despedi dos dois, lhes dando duas jaquetas promocionais da Empresa,  que tinha no carro para dar a dois clientes meus. Meus clientes ficaram sem suas jaquetas, mas isso serviu para darmos início ao nosso relacionamento.
     O casal de alemães se tornou amigo, e sempre que podia passava por lá e levava um presentinho.
Na enchente de um ano atrás, quando alagou o vale do Rio Pardo e também Candelária, liguei para ver se o Opalão estava a salvo. Felizmente a água não chegou na casa!!!!!”
Neste período, depois da amizade consolidada, o Dudú foi descobrindo com o proprietário, todos os detalhes da história do carro, como ele mesmo explica:
“Trata-se de um Opala Gran Luxo 74 vermelho vinho 4.100, com 48.000 Km originais, e esse carro não saia da garagem e nunca andou em estrada de chão. A Pintura  é original com alguns pequenos retoques, tem o Interior impecável, e o pneu de estepe ainda é original FIRESTONE com letras brancas.
     Esse carro foi comprado na Simpala Veículos S/A.,  em Porto Alegre,  no dia 16/04/74 pelo Sr. Manoel Schmukler, o que foi confirmado pelo manual de proprietário que o acompanha.
Seu Manoel era um dentista da capital gaúcha que, por falta de condições de dirigir, em função da idade avançada, o deixou na Brozauto, concessionária Chevrolet , para vender.
Em 1990, seu Omar Wollmann saiu de Candelária para ir a Porto Alegre trocar seu Opala 84 Comodoro 4 cilindros por um modelo 0 Km. Chegando na Brozauto, se deparou com o Gran Luxo e foi paixão a primeira vista. Flamante,  o carro  tinha apenas 22.000 Km o qual foi adquirido e levado a Candelária.
     Em 21 anos nas mãos do segundo dono rodou apenas 26.000 Km”.

2012-03-17-046.
   
     “Em janeiro desse ano fomos a Candelária, eu ,meu pai Oscar e meu sobrinho Leonardo, para mais uma visita de relacionamento. Estavam nos esperando. Apresentei meu pai e meu sobrinho e conversamos bastante ao redor do carro. Seu Oscar até sentou dentro do carro, ao volante do mesmo.                Conversa vai,conversa vem, pedimos se existia interesse em vender o bólido, o que foi negado prontamente. Nisso o Leonardo , com uma insistência que é natural dos jovens , começou a dizer que queria voltar a Passo Fundo com o Opala, e o  seu Omar ficou meio nervoso. Leonardo voltou a insistir e pela primeira vez o seu Omar tocou em valores(opa!!! Deu sinal de venda!!!!). E aí fomos forçando até que ele disse que ia falar com filho, que é gestor do mercado, e chamar o mesmo para falar conosco. Ele estava muito nervoso. Por alguns momentos pensei que ia nos colocar a correr, e até acho que não fez pelo fato do meu  pai estar junto.
     Chegando o filho,  conversamos mais um pouco e depois de muita insistência fechamos o negócio. Apertamos as mãos e voltamos a Passo Fundo com o negócio feito.
     Uma semana depois, no dia 30 de janeiro, fomos com uma prancha da Ssoraf  Car buscar o carro. Nesta data estávamos eu , o Leonardo e minha filha Maria Eduarda.
     O nervosismo do seu  Omar  era impressionante. Quando o carro foi retirado da garagem e foi encostado para ser carregado na prancha ele começou a chorar o que tenho gravado em vídeo  para comprovar.”

DSC05311

     “Hoje felizmente esse maravilhoso Gran Luxo faz parte com grande destaque de minha coleção de opalas”.
     Já em Passo Fundo, o  Gran Luxo foi entregue às competentes mãos da equipe Feijó SS, que  fez uma revitalização na pintura com polimento da lataria, desmontagem e limpeza de alguns frisos e emblemas, limpeza completa do interior e exterior do carro, além da montagem de 4 pneus Firestone Wide Oval diagonais, originais de época, adquiridos zero km no Rio de Janeiro pelo Luis Eduard.
     No slideshow, mais algumas fotos desta verdadeira relíquia…



     O carro poderá ser visto ao vivo muito em breve pelos aficionados do antigomobilismo, no Encontro de São Marcos, já que nos últimos 22 anos ficou rodando somente em Candelária!!!!!




Nenhum comentário :

Postar um comentário