28 de fev de 2013

COMO IMPORTAR UM CARRO ANTIGO?????

Há meses atrás, publicamos aqui no KmDoze um post sobre a importação de carros antigos, matéria que chamou muita atenção de leitores que pediram maiores detalhes sobre os procedimentos a serem seguidos visando colocar finalmente na garagem, aquele tão sonhado veículo que se encontra em outro País.
Pesquisando  o assunto,  na WWW achamos um post muito legal, assinado pelo Professor Universitário Carlos Araújo, que  é especialista em Logística e Comércio Internacional, Despachante Aduaneiro atuante no Porto de Vitória, no Espírito Santo, com extensão em vários outros Estados, e também  articulista do site Logística Descomplicada, e Editor do site comexblog.com.
O Post do Professor, explica o passo a passo da Importação de Veículos Antigos, e por ser bastante extenso, indicamos o Link do ComexBlog , onde você interessado por obter todas as informações a respeito....
Vale a pena a visita, mas prepare-se, pois segundo o Autor do texto, o caminho é longo e penoso!!!!!


4 comentários :

  1. Vitor,

    Não pode se iludir com 100 dias. Greve da RFB, atraso no transporte, transbordo de conteiner, e por aí vai, tudo atrasa.

    Com uma boa procura, se encontram veículos com preços próximos ao custo de uma importação, com a vantagem de poder vistoriar o veículo e já sair rodando, além de negociar, trocar, enfim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você também tem razão Alex Zanolla, e obrigado pelo comentário...quanto mais opiniões melhor, pois soube ontem a noite de processos de importação que levaram mais de 8 meses entre compra e chegada do carro no país.....

      Excluir
  2. Fato, meu caso foi assim. Sem contar as taxas portuárias, frete entre portos, e outras dezenas de taxas e inspeções que temos que pagar.

    ResponderExcluir
  3. será possível que nunca irão derrubar essa taxas NACIONAIS de tributação para importação de antigos? Nao dá para acreditar que um país proteja a sua industria automobilística penalizado a compra de antigos... nao tem nada a ver uma coisa com a outra... não dá pra entender.

    ResponderExcluir