19 de mar de 2013

UM DODGE BRASILEIRO DE NÍVEL INTERNACIONAL

De tempos em tempos, as facilidades da internet nos trazem algumas boas histórias, que merecem ser contadas e compartilhadas com o mundo. Um desses casos bons, está acontecendo agora mesmo, em Belém do Pará, no norte do Brasil, onde o administrador de empresas Daniel Tora, de 38 anos, está realizando um sonho antigo...
O Daniel abriu em 2007, uma empresa própria, a Tora Motorsports, com o objetivo de trabalhar com o que   gosta, ou seja, carros e motos. Lá, são feitas desde a lavagem até a chapeação de veículos, além de conserto e preparação de motocicletas de alta cilindrada, o xodó especial do empresário.
Pois bem, em 2009, o Tora adquiriu um Dodge Magnum ano 1979, em medianas condições, e na hora de definir se faria uma restauração nos padrões originais, ou uma modificação radical, optou pela segunda, decidido a criar um belo e diferenciado exemplar de Muscle Car, afinal o carro possuia motor V8  e câmbio manual de 4 marchas no assoalho.
Na mesma época, o Daniel teve acesso a uma miniatura em escala 1/24, da fabricante Maísto, representando um Dodge Charger RT 1968 norte-americano customizado, que lhe chamou tanto a atenção, que acabou virando a base do projeto de modificação do Magnum 79.
O primeiro passo, foi, com um paquímetro na mão, medir a miniatura, multiplicar os números e iniciar o projeto. O Magnum recebeu novas rabetas iguais aos do modelo Charger RT nacional até 78, modificação nas caixas de rodas dianteiras e traseiras, e o trabalho mais demorado, teve as laterais aumentadas para baixo na dianteira e traseira em 12 centímetros, tudo seguindo o modelo em miniatura. Os parachoques, que originalmente "abraçavam" o carro, foram diminuidos através de corte e re-solda. O tanque de combustível original foi retirado, e no porta- malas, sobre o eixo traseiro, foi instalado um tanque de pick-up Toyota Hilux, que permitiu a colocação do bocal de abastecimento na coluna traseira direita, num belo efeito.
A grade frontal, também sofreu modificação, com o deslocamento dos quatro faróis, mais para dentro, deixando uma aparência bem diferente... Na parte interna, foi reconstruído o painel, agora com nove instrumentos da linha Cronomac Carbon, e foi refeito o estofamento e forração.
A parte mecânica teve motor ajustado, instalado novos coletores de admissão e de escape, um novo carburador, cabos de vela e filtro de ar. Na hora de decidir qual roda usar no carro, o Tora teve muito trabalho, mas graças aos amigos, teve a possibilidade de experimentar vários modelos e tamanhos, até definir um conjunto de rodas aro 20 polegadas, com largura de 8,5 na dianteira e 10 polegadas na traseira.
O projeto deste Dodge, iniciado em 2009, ainda não está finalizado. Ainda faltam ajustes e a instalação de mais algumas peças, mas já temos várias fotos para mostrar.
O Daniel nos prometeu ir atualizando o projeto com novas fotos, assim que mais alterações forem sendo feitas, e ficamos ansiosos desde já por isso.

No slide show abaixo, fotos desde a chegada do carro, passando pela sua transformação, até as últimas recentemente tiradas. Acompanhe!!!!!


9 comentários :

  1. Obrigado pelas palavras..fico lisonjeado por mostrar esse trabalho que já vem de anos se concretizando..e chega na reta final de acabar e ganha um gas de ânimo desses..quem já fez uma restauração ou customização sabe que passamos por vários obstáculos materiais e emocionais,chegando ás vezes a pensar em desistir..mas tenho que certeza que esse ano ele estará nas ruas..prometo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu realmente estou procurando palavras para descrever o quão lindo ficou.

      Não sei o que dizer.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Vcs precisam ver o carro por si so. S3 nas fotos vcs acham lindo, precisam ver essa preciosidade pessoalmente. As fotos nao fazem jus ao carro. Ass: Eduardo Silva.

    ResponderExcluir
  4. QUEM SERA MAIS INÚTIL??O DONO QUE FEZ ESSA MODIFICAÇÃO RIDÍCULA OU QUEM FEZ A REPORTAGEM ELOGIANDO ISSO???FICOU ÓÓÓ...UMA BOSTA!!!!!

    ResponderExcluir
  5. NIVEL INTERNACIONAL????KKKKKKKKKKKKKKKKKKK BANDO DE BESTA!

    ResponderExcluir
  6. Esse idiota DESTRUIU um Dodge e ainda aparece um bando de RETARDADOS (incluindo quem fez a reportagem) elogiando essa MERDA que esse ARROMBADO fez com um Dodge Magnum. Menos um Dodge no mundo. Era mais fácil e mais barato comprar um Charger 69 do que fazer essa cagada e matar um Dodge.

    ResponderExcluir
  7. ao amigo "anônimo"que publicou os últimos três comentários, tenho pouca coisa a dizer, afinal, ele se escondeu atrás do anonimato para expôr sua humilde opinião.... e gente desse calibre não merece atenção, pois gostos, amores e cores, não se discutem....

    ResponderExcluir
  8. Alguém sabe onde comprar miniatura 1:24 do dogde dart brasileiro? Parabéns pela trabalho no Magnum, ficou excelente.

    ResponderExcluir