9 de dez de 2014

O fim da placa preta de carros antigos no Brasil

A partir de 2016 haverá novo modelo, com fundo branco e letra cinza.
Federação pretende criar placa preta secundária só para carros históricos.

Futura placa de carro de colecionador tem fundo branco, como todas, e se diferencia pela cor das
letras e números, em cinza (Foto: Divulgação/Ministério das Cidades)


A padronização de placas para veículos dos países do Mercosul deverá dar fim a uma tradição dos carros clássicos no Brasil: a placa preta. A partir de 2016, todas as placas de circulação terão fundo branco. O que vai diferenciá-las, entre outros itens, será a cor das letras e números. No caso dos carros de coleção, eles serão prateados.


Placa preta secundária
A federação, porém, pretende criar uma tradição com uma "nova" placa preta, que não será oficial: a de veículo histórico.
Ela será dada a "veículos de mais alto grau de originalidade e de valor histórico significativo", adianta Suga. Será como um certificado, e não poderá substituir a placa oficial no carro, mas poderá ser colocada próxima da mesma.
Essa placa "premium" também terá números e letras, mas será menor do que a placa oficial dos carros, "provavelmente em formato quadrado", segundo Suga. A implementação deve começar no ano que vem, antes mesmo da mudança de padrão no Mercosul.

Substituição
O Denatran informa que apenas veículos que serão emplacados a partir de 2016 seguirão o novo modelo com fundo branco, mas a federação acredita que a substituição atingirá, paulatinamente, todos os veículos. "Será como quando a placa cinza substituiu a amarela. Primeiro, foram os carros novos, depois foram trocando todos", diz Suga.


Tipos de placas se diferenciarão pela cor das letras (Foto: Divulgação/Ministério das Cidades)


Fonte: g1.globo.com/


Nenhum comentário :

Postar um comentário